Atividades

Geração Distribuída no Brasil

Dentre as políticas de incentivo adotadas mundialmente para a implantação da geração distribuída de pequeno porte o Brasil optou pelo mecanismo conhecido como Net Energy Metering. O funcionamento e especificidades do modelo brasileiro foram estabelecidos pela Resolução Normativa 482 e complementarmente pelo Módulo 3 do PRODIST, em sua seção 3.7. Desde então, o consumidor pertencente ao mercado cativo pode gerar sua própria energia a partir de fontes renováveis ou cogeração qualificada, dispensando o uso de baterias, bastando para isso a adesão ao Sistema de Compensação de Energia Elétrica. Basicamente, foi normatizada uma operação de crédito e débito em kWh, uma vez que, a unidade consumidora que possui a central geradora injeta energia ativa na rede de distribuição e pode abater esses créditos em seu consumo. Posteriormente, a Resolução Normativa 678 trouxe alterações, que tiveram por objetivo, principalmente, tornar o processo de conexão da micro e minigeração mais simples e rápido alterando prazos e procedimentos sobe responsabilidade da distribuidora. Outro propósito, que é de fácil percepção com relação as alterações promovidas pela Resolução Normativa 687 é o de aumentar o público alvo. Vemos o estabelecimento da geração compartilhada, estabelecimento da múltiplas unidades consumidoras.Atualmente, se encontra em discussão revisões nas cláusulas regulatórias, colocando em debate interesses dos consumidores e distribuidoras de energia. Dentro deste contexto, esta palestra se propõe a apresentar o estado da arte da geração distribuída no Brasil, bem como uma análise da consulta pública de 2019 da Aneel em torno deste tema, destacando os interesses dos diferentes agentes deste mercado.

Colaboradores

Paulo Victor De Souza Borges e Beatriz Da Silva Reis

Tipo de atividade

Palestra

Local

Sala 15

Data e hora

25 de Outubro de 2019
14:00 às 15:00

Capacidade

24

Inscreva-se nesta atividade clicando no botão abaixo. As inscrições estarão disponíveis apenas enquanto houver vagas e após atingir o limite, não será mais possível se inscrever para esta atividade.

A emissão do certificado estará sujeita a confirmação de presença, mediante assinatura do participante.


Capacidade de inscritos esgotada.